Tamo junto

Não existe separação. Se estamos todos juntos, compartilhando os mesmos passos da dança que a Terra faz em volta do Sol, e das tantas danças que o mesmo Sol dança em volta de outras estrelas. Se nem a morte pode separar de verdade seja os que se amam, seja os que se odeiam. Se sempre vou carregar comigo as marcas deixadas por todos que passaram por mim. Se o que hoje é meu corpo será parte de outros corpos um dia. Se a substância que forma hoje o meu corpo já esteve unida à substância de todos os outros corpos, compartilhando o espaço de uma cabeça de alfinete antes do faça-se a luz.

A gente gosta de acreditar que pode se separar dos outros, e saímos erguendo barreiras. Mudamos de casa, cidade ou país, trocamos de rotas, alteramos números de celular, evitamos determinadas festas. Muros são erguidos entre palestinos e israelenses, ou entre alemães e alemães. Campos de concentração recebem judeus, e pretos pobres são despejados na periferia. Tudo para manter a ilusão de uma separação possível. Barreiras podem ser feitas de tijolos, olhares, palavras ou dinheiro, não importa: tudo vai virar a mesma coisa quando o nosso Sol, na sua crise de meia-idade, engordar sem parar até nos devorar.

A vida tem um jeito de tirar um barato de quem acredita que as separações são possíveis. Como se a gente pudesse viver nossas vidas isolados uns dos outros. É aí que a vida arma encontros inesperados entre antigos amantes ou obriga inimigos a trabalharem juntos. Faz a cultura da periferia explodir no centro. Promove aquecimentos globais e desaquecimentos econômicos que obrigam povos diferentes a conversar, olhando além das ilusões das fronteiras.

Então, Maria, estamos todos juntos. Estamos todos juntos, Quézia, Vitória, Ohana. Ir para outro apartamento, dormir numa outra cama, levar outras chaves no bolso. Nada disso é separação, que separação não existe. Estamos só descobrindo outro jeito de viver juntos. Que juntos estaremos sempre.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: