Questão de jeito

É hora de aprender um jeito novo de usar as palavras. A fala precisa de pés na ação para ter força. Notar quando é hora de falar. Notar quando é hora de calar. Com a mesma precisão, encontrar palavras que se encaixem em sequências e sequências que de algum modo participem da vida em movimento. “Palavras como necessidades, não como preciosidades”, ouvi um dia. Palavras que dancem com a verdade.

A verdade: uma dança que gira sem parar, acompanhando o pulso. A verdade: um coração. Sangue, músculo e movimento. A verdade: um tambor. Madeira, couro e ação. Sem parar.

Post anterior
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: