Os exilados da democracia

liberdade_de_expressao

Em 13 anos de experiência de cobertura da segurança pública, o repórter da Folha denunciou a existência de sete grupos de extermínio formados por policiais. Por causa disso, acumulou processos por “calúnia e difamação” de agentes que se sentiram atingidos. Não foi condenado em nenhum deles, mas viu o time de desafetos crescer. Para Caramante, as ameaças contra ele e a família partiram de simpatizantes de policiais como esses.
“Foram feitas ligações anônimas à redação da Folha dizendo que sabiam onde eu moro, onde fica a escola de meus filhos e que a ‘nossa hora’ estava para chegar”, conta. “Além disso, postaram uma foto do diretor de redação do jornal, Sérgio Dávila, como sendo eu. Entendi como um recado também à direção da empresa de que o cerco de apertava. Então, em comum acordo com o jornal, se decidiu que eu deveria trabalhar à distância.”
A estratégia durou menos de três semanas. Caramante e a Folha concluíram que não era seguro permanecer na cidade. No dia 11 de setembro, o repórter, a mulher e os dois filhos — um com menos de 2 anos e a outra com menos de 5 — embarcaram para Nova York. (…) Lá fora, embora se sentindo em segurança, o casal de jornalistas descobriu que a democracia brasileira produz exílios.

A história de André Caramante, Mauro König e outros jornalistas exilados pela ação de agentes do Estado brasileiro está na reportagem Compromisso de risco,da Revista de Jornalismo ESPM-CJR.  Escrita por Milton Bellintani, a matéria traz informações como esta:  “Nesses 20 anos, em plena democracia, houve o dobro de execuções de jornalistas do que na ditadura 1964-1985”. Leia aqui a matéria toda aqui. E me diga se não dá vontade de agir para mudar tudo isso. Bora?

Post seguinte
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: